Frio

By:Jully Anne M.fenner

O frio ainda nem havia chego , mas o corpo reagiu quando lentamente sai da cama . Arrepiei dos pés a cabeça , notei que a janela estava entre-aberta ... Resmunguei fechando a janela e fui ao banheiro , abri a torneira da banheira colocando na temperatura quente e esperei encher paciente.
Fechei a torneira assim que a banheira atingiu a altura ideal , tirei rapidamente a roupa .
"Se esta frio desse jeito no outono , imagina no inverno" resmunguei colocando os pés na banheira e fui colocando o corpo sentindo a água quente esquentando o meu corpo ,enquanto fui relaxando.
Senti o cheiro de flores do sabonete líquido , fechei os olhos lembrando do doce sonho que tive .
Sorri ao lembrar do seu abraço forte , do perfume amadeirado , seu olhar...
Pude sentir meu coração acelerado só de lembrar do sonho , me senti triste e impotente de não poder fazer nada.
-Até quando ainda irei carregar este amor de dentro de mim? quando é que irei ser correspondida? _ Perguntei a mim mesma - Até quando irei fingir ser uma amiga dedicada sendo que meu anseio é ser mais que isso?
Terminando de me laxar lentamente , me levantei sentindo a água escorrer pelo corpo enquanto o frio voltava a ser instalar em minha vida e em meu coração.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Desabafo de uma solteira

O Retrato

Noite Tempestuosa