Carta Desconhecida

By:Jully Anne M.Fenner

Na rua em frente ao portão para poder pegar as correspondência , sentei-me no banco e passei a olhar .
"Conta , conta, conta"contei enquanto notava uma carta em branco."O que é isso ?" me perguntei abrindo a carta.
"Devo imaginar sua cara de surpresa ao encontrar uma carta sem endereço , sem remetente...Quero dizer-te o quanto sinto sua falta, não sabia que sua ausência afeta-se tanto em minha vida e essa foi a unica forma de poder expressar o amor que adquirir com os anos de convivência .
Uma mulher amável , uma mulher carinhosa ,uma mulher amiga, uma mulher apaixonada.
Seu olhar expressão tantas coisas sobre você , sobre seus sentimentos e assumo que seu olhar é hipnotizante.
Um olhar que compreende o silêncio de quem esta sofrente,um olhar que repreende quando agimos de forma errada, um olhar que entende as entre linhas.
é por essas pequenas palavras quero dizer-te que a amo e irei pacientemente lutar para conquista-la e poder em fim faze-la a mulher mais feliz do mundo."
Olhei a carta com um sorriso nos lábios e lágrimas nos olhos , a alegria em saber que finalmente você passou a sentir a mesma coisa que eu sinto por você.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Desabafo de uma solteira

O Retrato

Noite Tempestuosa