A Dor

By:Jully Anne M.Fenner

Estava sentada no sofá da varanda , com um coberto que cobria o meu corpo .O céu estava escuro , mas não por ser noite , mas por que que uma grande tempestade se aproximava.
Levantei-me e fechei a varanda que era coberta por uma grossa camada de vidro e voltei-me a sentar no sofá colocando de volta o coberto em meu corpo.
De longe pude ver os relâmpagos se aproximando , as trovoadas podia ser ouvidas daqui mesmo , o vento soprava fortemente lá fora agora , pois pude ver as arvores balançarem violentamente.
Foi quando Uma intensa chuva começou , o frio aumentou enquanto eu tentava me aquecer com aquele coberto , foi quando as doces lembranças vieram em minha mente . Recordando-me de nós sempre sentado neste sofá quando uma intensa tempestade se iniciava e você estava a me abraçar me protegendo.
Foi você que me ajudou a superar o medo de relâmpago e trovoada , você esteve comigo quando eu mais me assustava e hoje me vejo sozinha admirando o show que a mãe natureza estava fazendo.
Não consigo entender por que terminamos , por que estamos longe um do outro a dor da perda era forte demais para suportar .
Estou aqui chorando por recordar cada momento vivido enquanto você esta ai se divertindo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Desabafo de uma solteira

O Retrato

Noite Tempestuosa