Postagens

Mostrando postagens de Março, 2016

A Dor

By:Jully Anne M.Fenner
Estava sentada no sofá da varanda , com um coberto que cobria o meu corpo .O céu estava escuro , mas não por ser noite , mas por que que uma grande tempestade se aproximava. Levantei-me e fechei a varanda que era coberta por uma grossa camada de vidro e voltei-me a sentar no sofá colocando de volta o coberto em meu corpo. De longe pude ver os relâmpagos se aproximando , as trovoadas podia ser ouvidas daqui mesmo , o vento soprava fortemente lá fora agora , pois pude ver as arvores balançarem violentamente. Foi quando Uma intensa chuva começou , o frio aumentou enquanto eu tentava me aquecer com aquele coberto , foi quando as doces lembranças vieram em minha mente . Recordando-me de nós sempre sentado neste sofá quando uma intensa tempestade se iniciava e você estava a me abraçar me protegendo. Foi você que me ajudou a superar o medo de relâmpago e trovoada , você esteve comigo quando eu mais me assustava e hoje me vejo sozinha admirando o show que a mãe naturez…

Perder

By:Jully Anne M.Fenner
Estou me perdendo em olhar em seus olhos , sentir seus lábios no meu para desfrutar o doce gosto de seus beijos.  Estar abraçada a você , sentindo o calor que sempre sentia de seu corpo e sussurrar em seu ouvido palavra de um amor mais puro , verdadeiro e intenso. Sentir suas mãos passeando pelo meu corpo, explorando , descobrindo sensações que em mim poderia causar. Passar anos um ao lado do outro , descobrindo nossas qualidades e defeitos .Eu sei que haverá tempo em que iremos discutir , magoar um ao outro por palavras dita naquele momento tenso , mas também sei  que nós dois iremos juntos  encarar qualquer situação . O tempo só nos fez nos aproximar cada vez mais , aprendendo a nos respeitar como somos e isso é que me fez amar você e não saberia como dizer o quanto eu te amo , mas cada demonstração é a forma mais fácil de expressar para você.

ERA UMA VEZ

By:Jully Anne M,Fenner
Era uma vez uma história não contada , uma história não vivida , uma história apenas criada , mas não realizada.  Uma história de um amor que tinha tudo pra ser tão perfeito , mas que acabou tendo barreiras para concretiza-las. Barreiras onde uma mãe cuja preocupação era apenas proteção , onde jurava e ainda sente que aquele amor era apenas uma história contada para pegar a doce mocinha , enquanto o mocinho se sentia muito ofendido. Para qualquer situação  , há uma solução , mas para o mocinho não queria resolver este pequeno detalhe , ele apenas queria viver a intensa chama do amor que havia acendido entre ele e a mocinha. Havia pessoas que falaram a mocinha que o mocinho estava apenas querendo brincar com seus sentimentos pra depois descarta-la , mas o mocinho jurava que não era isso que queria , por que ele dizia que a amava muito . Já a mocinha amava o mocinho acreditou fielmente em suas palavras , mas o seu desejo que as desavenças entre o mocinho e sua mã…