O Aeroporto

By:Jully Anne M.Fenner

Olhei o relógio , tentei me apressar pois você estava indo para nunca mais voltar...Lágrimas de angustia escorriam pelo rosto enquanto corria desesperadamente para o aeroporto.
Chegando lá o local como sempre estava lotado de pessoas com suas bagagens , andei mais alguns minutos a sua procura até encontrá-lo...chamei você enquanto corria em sua direção .
 Estavas numa imensa fila de embarque , seu rosto demonstrava surpresa foi quando sem de longas abracei você forte , o choro não cessava quanto mais sentia o seu perfume , mais sentia a dor de sua ausência.
-Por que choras?_Pergunta-se se separando de mim
-Por que não verei mais você_ respondi olhando-o tentando inutilmente secar as lagrimas
-a gente tem o contato um do outro _ fala-se tentando me animar 
-Não é a mesma coisa _ falei frustrada – Olhar pra você , ouvir sua vós , olhar em seus olhos , sentir o seu perfume ...isso não terei mais ...não terei mais esse contato.
-Oh _ Fica-se surpreso - Bom...isso...é verdade.
-Eu ...eu preciso te contar a verdade_ falei conseguindo me acalmar- Eu preciso dizer-te que amei você assim que conheci você ...não me olhe assim _ pedi reparando sua cara de incredulidade – Não me julgue mal , mas eu me apaixonei por ti , não tenho culpa...a gente não manda no coração , ok? 
 Você despertou em mim um sentimento oculto que tentei diversas vezes demonstrar , mas você nem se quer notou.
-Na realidade eu reparei sim...mas é que não queria criar expectativas para você , não quero que sofras_ fala-se por fim 
-Mas eu to sofrendo _ chorei novamente- Eu to sofrendo só de saber que não irei mais vê-lo ...Não me diga que isso irá passar ...dois anos é tempo demais para um sentimento mudar e ele não mudou , mas sim só intensificou.
 Eu guardei , muito bem guardado o amor que sinto por ti e só quero que saiba que você pode achar que isso é loucura , que deveria rever os meus sentimentos...Eu sei o que eu sinto é de verdade...tanto que só estou te contando agora , antes de sua partida , por mais que tentei demonstrar meu amor por ti , mostrei que sua amizade era importante para mim , deixando de lado esse interesse...Por mais que eu tenha lutado contra os meu acessos de ciúmes.
-Ciúmes? Você sentiu ciúme de mim?_Pergunta-se surpreso
-Senti...não finja que nunca notou...nunca consegui esconder , deixava tão claro que não gostava que nenhuma mulher chega-se perto de você ou que tenha a sua atenção.

Você acabou rindo enquanto eu o olhava seriamente você ria até sentir as lágrimas de seus olhos

-Sério...alguém já te falou que és boa em piada?_
-Não é piada_ esbravejei irritada enquanto secava o rosto – Eu não consigo entender como você acha engraçado nisso tudo que estou te contando.
-Por que , eu simplesmente não consigo compreender , como uma jovem bonita como você possa se apaixonar por um homem como eu _ fala-se por fim e pude ver em seus olhos o quão confusos estavas. 
- Não preciso dar explicação em algo tão obvio_ falei enquanto me aproximei lentamente de você e depositei um beijo em seus lábios .
 Algumas pessoas que estavam por perto que presenciaram a conversa aplaudiram a minha coragem enquanto outras olhavam escandalizadas.
Nosso beijo foi intenso , ardente e apaixonado , mas foi um beijo que ficaria guardado em nossas vidas.

Seu vôo foi anunciado , nos separamos ofegantes , seus olhos agora marejados , não tive-se palavras para dizer , mas sim mais um beijo para agradecer e no fim fala-se.

-Quando chegar , ligarei para você , ok?_Pergunta-se enquanto novamente uma vos feminina anunciava o vôo
-estarei ansiosa te esperando meu amor_ respondi sorrindo enquanto as lagrimas escorriam em meu rosto.

 Nada estava concreto , mas em seus olhos poderia enxergar algo novo...será que iniciaríamos um relacionamento mesmo a distancia ?  achei graça de tal pensamento ...seria possível?  Foi com esse pensamento que consegui sair do aeroporto com o coração mais calmo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Desabafo de uma solteira

O Retrato

Noite Tempestuosa