História de Julia & Carlos - Capítulo 1 Decepção e conforto

Autora:Jully Anne M.Fenner


Domingo pela tarde Julia encontrava-se deitada em sua cama , lágrimas corriam silenciosamente pelos olhos e encharcava seu travesseiro.
-Vamos lá Julia , reaja , você sabia que esse namoro não ia durar...quero dizer , nem existiu namoro_ comentou Helena , sua melhor amiga
-Eu sei _ falou ela num sussurro- mas ele me deu a entender que iríamos ser tão...tão..._ Julia se calou e chorou copiosamente , enquanto Helena se aproximava de sua amiga e lhe abraçava .
-Eu sei Juh , a vida sempre nos mostra aquilo que não queremos ver , compreendo perfeitamente sua tristeza , mas levante essa cabeça e dê a volta por cima _ motivou Helena fazendo sua amiga olhar em seus olhos 
Julia sorriu para sua amiga ainda chorando , lhe abraçou fortemente e ficou calada enquanto deixava as teimosas lágrimas escorrerem pelo rosto.

A noite chegou rapidamente para a jovem Julia , Helena já havia ido para casa , sentada no sofá ela pensava no que poderia fazer , sua mãe estava preparando o jantar e seu pai ainda não voltará do trabalho , seu irmão deixara de morar com eles e viver com sua noiva , então resolveu ajudar sua mãe no jantar.
-Mamãe o que posso fazer ? – Perguntou ela chegando a cozinha e olhando para sua mãe 
-Oh meu amor , prepare a mesa , por favor _ pediu ela 
E assim Julia arrumou a mesa , para quem olha-se ela esperaria um jantar especial , mas sua mãe sabia que ela estava apenas distraindo sua mente em algo manual.
-Obrigada minha filha , agora me conte , estas melhor?-Perguntou Maggie 
Julia olhou para sua mãe por alguns segundos antes de responder com um sorriso triste
-Irei sobreviver mamãe , não costumas dizer que há males para o bem do que para o mal ? então , me livrei de um grande mal 
Sua mãe lhe analisou perfeitamente e compreendeu que sua filha estava começando a reagir , então lhe ofereceu um sorriso confortante enquanto sua filha lhe retribuía.
Julia havia jantado , já de banho tomado , dentes escovados e encontrava-se em frente ao seu computador conversando com Douglas um dos seus amigos que sempre lhe fazia sorrir em momentos de angustia.

Doug diz : O Véia sabes que te amo muito né , mesmo tu sendo tão ...tão ultrapassada

Julia diz: rsrsrs tu és engraçado né , lembro-me da época que quando eu , você e a Ana estávamos no Egito e você tentou roubar um colar de um dos seguidores do faraó.

Doug diz : Isso não existiu , é coisa da sua cabeça ...a velhice faz coisa mesmo u.u 

Julia diz : oh sim e do nada os cachorros de pedras misteriosamente criaram vidas e correram atrás de você...somente de você e só pararam quando coloca-se o colar no lugar 

Doug: Por que eu sou um cara bacana e sabia que os cachorrinhos precisavam de proteção contra pessoas malvadas como você , sua ladrona 

Julia diz : HAUHAUAHUA eu ? esqueci de mencionar que em nenhum momento sofri maldição alguma quando estávamos em exploração no Egito ? já você...bom sofre-se uma pequena transformação de Douglas para Daniela HAUHAUHAHAH

Doug diz : Eu era linda gente *u* , perfeita , DIVA 

Julia diz : Menos Doug , menos hauhauaha

Doug diz : Ok veia , irei sair por que amanhã temos prova na faculdade e preciso de um descanso mental e você um descanso eterno para melhorar essa sua beleza .-. 

Julia diz : seu recalque bateu em mim e volto , sou um ser rejeitado , mas um ser feio? NUNCA

Doug diz :Eu sei sua veia , és a única veia mais jovem e linda do mundo , comprovado cientificamente e teoricamente

Julia diz : oooh , é muito amor nesse coração mesmo , boa noite Doug e até amanhã o/

Doug diz : Tchau veia o/ 

Julia ainda rindo desligou o computador e se deitou na cama , dando um pequeno bocejo conseguiu ter uma boa noite de sono depois de um mês de insônias e choros.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Desabafo de uma solteira

O Retrato

Noite Tempestuosa