O Recomeço

By:Jully Anne M.Fenner

Dias se passaram depois que saímos daquela casa , andamos pântano adentro , atolamos, caímos , fugimos , escondemos , mas ainda sim sempre juntos e firmes para conseguir chegar ao outro lado da cidade que todos nós chamamos de A cidade do recomeço.
-Desisto _Falou Clara visivelmente frustrada se sentando num tronco de arvore
-Que isso Clara _ Falei pasma- Não desista agora , tu nos deu força até agora , vamos conseguir achar _ peguei seu braço e a fiz levantar 
-Concordo com ela , tu é que tem nos ajudado desde o início , estamos por perto , não desista agora _ Falou Felipe dando um leve tapa nos ombros da jovem e dando um singelo sorriso.
-Vamos é Clara ...precisamos de ti _ Fala Laila em frente a amiga 
-ok...ok , eu continuo , mas ainda sim to achando que estamos indo para lugar nenhum _falou ela pessimista 
-Estamos não , estamos muito perto de chegar ao local _ comentei motivando 
 Começamos a andar novamente  , horas se passaram até que chegamos ao fim do pântano que nos lavava a uma praia , no outro lado avistamos um enorme muro 
_Chegamos _ aliviou-se Clara visivelmente satisfeita 
Olhei ao redor para procurar um meio de ir até o outro lado do mar até que avistamos duas canoas .
-Ali pessoal _ Indiquei correndo até uma das canoas e levando ao mar e sendo ajudada pelo William e Clara enquanto Felipe e Laila empurravam o outro , avistamos dois remos em cada canoa e isso nos ajudava bastante .
  Canoas já na água , um dos remos ficou entre as duas canoas para mim e Laila juntas as canoas enquanto William e Felipe prosseguia a viagem até a outra extremidade da praia .
-Eles estão atrás da gente _ Berrou Clara Apavorada apontando para trás , todos nós olhamos e vimos os seres gritando e adentrando a água nadando em nossa direção quando tentamos seguir em frente o mais rápido possível os gritos chamaram a atenção dos seres que estavam no outro lado que também estavam em nossa direção.
-Estamos perdidos_ Declarou Clara assustada
-Não estamos _ Falei tentando manter a calma , mas a cada tentativa de pensar em algo os seres se aproximavam , até que um Helicóptero saiu do outro lado da cidade e veio até nós alguns dos exércitos atiravam nos seres enquanto um deles jogaram uma escada para nos resgatar
 Assim que o helicóptero pousou no solo saímos de dentro do helicóptero com alguns paramédicos se aproximou de nós para nos examinar , até que algumas horas mais tarde no hospital estávamos todos em mesmo quarto , deitados nas camas pois estamos desidratados até que ouvimos vozes conhecidas nos chamando até que a porta se abre revelando nossas famílias .
 Abraços fortes , choros de emoções e alivio por estarmos todos juntos de novo para uma tentativa de viver uma nova vida e procurar uma cura para todo mal que se instalou no outro lado da cidade que passou a ser chamado de A cidade do pesadelo  ...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Desabafo de uma solteira

O Retrato

Noite Tempestuosa