Mudada

 By:Jully Anne M.Fenner


 Estava eu sentada  animadamente conversando com minha melhor amiga na praça de alimentação do shopping local , até que a face dela muda drasticamente
-O que houve?-Perguntei
-Olhe pra traz _pediu ela e assim eu fiz
  Você estava atrás de mim com um olhar diferente , sério , frustrado ,sofrido ,bravo ? não consegui descrever o que esse olhar me transmitia , mas seu rosto mostrava que estavas frustrado.
-Precisamos conversar?_Fala-se
  Arqueei as sobrancelhas descrente no que estava ouvindo
-O que desejas conversar?_Perguntei
-Sobre nós _Respondeu
 Cai na risada como se aquilo fosse a piada mais engraçada do mundo enquanto você se espantou de minha atitude
-Por que estas rindo?_Perguntou bravo
-Isso foi muito engraçado_ respondi secando algumas lágrimas que escaparam de meus olhos de tanto rir- afinal de contas , nunca houve NÓS , nunca houve relacionamento...então o que você quer realmente?_Perguntei agora séria
-Sobre nós ...sério , vamos conversar ...vamos acertar algumas coisas?_Pedi-se
 Olhei para minha amiga...ela sempre me dava força nos momentos em que mais precisava , foi graças a ela que ela me ajudou muito nos momentos de frustração de não tê-lo ao meu lado , foi ela que me amparou , me segurou e me ergueu .
-Já volto , fique ai _ falei pra ela , ela apenas confirmou transmitindo segurança em seu olhar e em seu sorriso.
 Nos distanciamos dela sentando em outra mesa , nos sentamos de frente um para o outro , enquanto eu com um olhar severo de braços cruzados e você me olhava com ar amedrontado ...
-O que você quer falar sobre “Nós”_ falei usando o entre aspas
-Você esta agindo diferente ...não era assim que eu te conheci_ retruca-se
-Jura? Por que será? _ Perguntei ironicamente
-Tu não era assim ...você esta mudada _comenta-se frustrado
-Precisei mudar , pra mim voltar a viver _ respondi firmemente
-Pra que ? não tem motivos pra isso_ fala-se bravo
-Não mesmo? NÃO MESMO ?? _Alterei a vos –Você NÃO se importou nenhum pouco com que eu sentia por ti , você apenas iludiu , você alimentou esse amor que só crescia , que só ME PREJUDICAVA , você é tão culpado desse amor frustrado quanto eu ...VOCÊ  estava me matando aos poucos , você sumia e quando “sentia falta” reaparecia...Qual é a tua cara? Tu achas que sou tão trouxa em continuar nesse jogo de ilusão ? tu achas mesmo que eu iria ficar na esperanças de você um dia me dar essa chance?
-PENSEI_ Responde-se também se alterando- Eu pensei por que TU mesmo jurou sempre estar ao meu lado
-E EU jurei pra mim mesma nunca mais cair nas suas lábias , eu estava MORRENDO enquanto VOCÊ aproveitava a SUA VIDA... enquanto você curtia sua vida de solteiro pegador eu sofria ...EU SOFRIA   , tu não se toca não é ? tu achas que estaria disposta a estar contigo quando NENHUMA vagabunda mais querer ficar com você? TU ESTAS ENGANADO . Se tu achas que eu vou te dar uma chance , tu estas muito enganado , você se  iludido pelo que TU criou nessa cabeça dura ... arque com as conseqüências , por que não foi eu que escolhi isso FOI VOCÊ.

 Me levantei me sentindo muito mais leve mesmo por eu estar chorando em silêncio saindo da praça com minha amiga , ela me dizendo coisas positivas e me dando parabéns pela minha atitude...
 Jurei pra mim mesma nunca mais cair em lábias de nenhum cara de novo...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Desabafo de uma solteira

Noite Tempestuosa

O Retrato