Dia agradável

By:Jully Anne M.Fenner

Me revirei na cama um pouco desconfortável com luz do sol que batia em meu rosto , me espreguicei , sai lentamente da cama , fui ao banheiro fazer minhas higiene pessoal , voltei ao quarto para abrir a janela e me deparei com um dia agradável.
 O sol reinando mostrando todo o seu poder de luz e calor , o céu num azul tão intenso sem nenhum vestígio de nuvens , alguns pássaros já pousados em algumas árvores cantando e outros voando , a rua estava estranhamente silenciosa “Perfeito”-pensei
 Coloquei um roupa casual e fui a cozinha preparar algo para comer , já que era umas 07:30 da manhã e meu estômago já reclamava de fome. Enquanto eu preparava o café fui dar uma olhada pela casa para ver se havia algo que precisava ser feito , mas notei que ela estava intacta , impecável , pois havia arrumo ela no dia anterior.
“Um Domingo só pra mim então”_falei comigo mesma deixando um sorriso nascer em meus lábios.
 Café já tomado e utensílios usados já lavados . me dei ao direito de sentar na rede que fica na varando e ler um livro de romance clássico ‘A magia de um lugar’
  até que escutei um miado e notei que era o pequeno me chamando a atenção,olhei para ele enquanto ele me olhava tão atentamente , seu rabinho balançando suavemente mostrando que estava muito calmo.
-O que foi pequeno?_Perguntei a ele
-Miau 
-Já tem comida e água na sua vasilha_ falei ao gato
-Miau 
-Quer sentar ao meu lado?_Outra pergunta
-Miaaaau 
O Gato subiu na rede e se deitou em meu colo , comecei acariciar o gato , enquanto ele ronronava com satisfação até que senti alguém olhar pra mim . olhei em frente e vi você olhando para mim com um sorriso no rosto.
-Eu sempre soube que você era estranha , mas não sabia que conversava com os animais
Dei uma risada achando graça no que você havia falado ainda rindo respondi
-Estou me interagindo com o meu gato , nota-se que ele é um gatinho bem inteligente né? _ perguntei 
- de fato , tendo uma dona tão amável e inteligente , não seria de se esperar que o gato iria se acostumar as suas conversas com ele _ respondeu ele  abrindo o portão e se sentando no banco próximo da rede
-Eu só acho que ele precisa de atenção , ele é tão pequeno_ falei olhando pro bichano dormindo calmamente 
-Igualmente a dona _fala-se brincando me fazendo rir – mas eu também preciso de atenção
-Você?- perguntei um pouco surpresa – mas eu já te dou atenção
-Não como eu queria , mas ainda sim é aceitável _ fala-se um pouco sério mesmo mostrando seu sorriso “Que sorriso mais lindo” falei mentalmente 
-hmm , o que você quer que eu faça?_Perguntei curiosa
 Sai-se do banco e se senta-se ao meu lado na rede  fazendo o bichano acordar , se espreguiçar e voltar a cochilar enquanto eu o olhava um pouco atenta aos seus movimentos , coloca-se sua mãos em meu rosto , seus olhos morando aos meus da forma mais intensa que demonstrava , estavas tão próximo a mim que podia sentir sua respiração .
-Quero você , quero você em meus braços , quero você em minha vida _ fala-se se aproximando ainda mais – Quero tê-la comigo sempre – até que seus lábios tocaram aos meus  e o beijo  foi dado mostrando o quão um precisava do outro e assim passamos o dia , juntos num dia muito agradável.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Desabafo de uma solteira

Noite Tempestuosa

O Retrato