Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2014

Dia agradável

By:Jully Anne M.Fenner
Me revirei na cama um pouco desconfortável com luz do sol que batia em meu rosto , me espreguicei , sai lentamente da cama , fui ao banheiro fazer minhas higiene pessoal , voltei ao quarto para abrir a janela e me deparei com um dia agradável.  O sol reinando mostrando todo o seu poder de luz e calor , o céu num azul tão intenso sem nenhum vestígio de nuvens , alguns pássaros já pousados em algumas árvores cantando e outros voando , a rua estava estranhamente silenciosa “Perfeito”-pensei  Coloquei um roupa casual e fui a cozinha preparar algo para comer , já que era umas 07:30 da manhã e meu estômago já reclamava de fome. Enquanto eu preparava o café fui dar uma olhada pela casa para ver se havia algo que precisava ser feito , mas notei que ela estava intacta , impecável , pois havia arrumo ela no dia anterior. “Um Domingo só pra mim então”_falei comigo mesma deixando um sorriso nascer em meus lábios.  Café já tomado e utensílios usados já lavados . me dei ao d…

O Recomeço

By:Jully Anne M.Fenner
Dias se passaram depois que saímos daquela casa , andamos pântano adentro , atolamos, caímos , fugimos , escondemos , mas ainda sim sempre juntos e firmes para conseguir chegar ao outro lado da cidade que todos nós chamamos de A cidade do recomeço. -Desisto _Falou Clara visivelmente frustrada se sentando num tronco de arvore -Que isso Clara _ Falei pasma- Não desista agora , tu nos deu força até agora , vamos conseguir achar _ peguei seu braço e a fiz levantar  -Concordo com ela , tu é que tem nos ajudado desde o início , estamos por perto , não desista agora _ Falou Felipe dando um leve tapa nos ombros da jovem e dando um singelo sorriso. -Vamos é Clara ...precisamos de ti _ Fala Laila em frente a amiga  -ok...ok , eu continuo , mas ainda sim to achando que estamos indo para lugar nenhum _falou ela pessimista  -Estamos não , estamos muito perto de chegar ao local _ comentei motivando   Começamos a andar novamente  , horas se passaram até que chegamos ao fim do…

Sobrevivência

By:Jully Anne M.Fenner
 Não lembro quando foi a ultima vez que comia uma comida descente , não me lembro quando foi a ultima vez que tive uma boa noite de sonos desde que um surto de um vírus desconhecido varreu a cidade fazendo as pessoas se transformarem em seres mortos vivos...Não , não eram zumbis , mas as pessoas não eram mas as mesmas , eram extremamente irritadiças  , suas colorações da pele era tão branca que dava para ver suas veias.Elas eram pessoas tão inúteis que ao tentar nos perseguir sua coordenação motora deixava a desejar por sorte nossa , mas eles tinham uma audição incrível por qualquer movimento e um grito alto e estridente.  Havia um tipo de seres perigosos , audição aguçada , coordenação motora muito mais evoluído que nos dificulta na tentativa de sobreviver  , eles perseguem os sobreviventes na esperança de nos transformar num igual.  Estávamos eu e meus amigos andando atentamente , fracos , abatidos e exaustos até que avistamos um mercadinho aberto , olhamos p…

Mudada

By:Jully Anne M.Fenner

 Estava eu sentada  animadamente conversando com minha melhor amiga na praça de alimentação do shopping local , até que a face dela muda drasticamente -O que houve?-Perguntei -Olhe pra traz _pediu ela e assim eu fiz   Você estava atrás de mim com um olhar diferente , sério , frustrado ,sofrido ,bravo ? não consegui descrever o que esse olhar me transmitia , mas seu rosto mostrava que estavas frustrado. -Precisamos conversar?_Fala-se   Arqueei as sobrancelhas descrente no que estava ouvindo -O que desejas conversar?_Perguntei -Sobre nós _Respondeu  Cai na risada como se aquilo fosse a piada mais engraçada do mundo enquanto você se espantou de minha atitude -Por que estas rindo?_Perguntou bravo -Isso foi muito engraçado_ respondi secando algumas lágrimas que escaparam de meus olhos de tanto rir- afinal de contas , nunca houve NÓS , nunca houve relacionamento...então o que você quer realmente?_Perguntei agora séria -Sobre nós ...sério , vamos conversar ...vamos a…

Bela Adormecida

By:Jully Anne M.Fenner
Estava eu sentada no sofá observando a chuva caindo lentamente pela janela , o cheirinho de terra molhada trazendo a recordação da conversa de ontem.  Lembrei do dia em que nos conhecemos  através de um amigo nosso , seu jeito tão tímido , tão calado de início , mas se transformou em uma pessoa  tão carinhoso , tão amigo , tão companheiro que eu não pude evitar de me encantar por você ...sempre nos encontros de amigos você me surpreende com algo ou alguma coisa para me agradar.  Até que no fim das contas não pude mais negar os sentimentos que nutria dentro de mim.No começo não queria revelar , pois nossa amizade era tão forte que se eu confessa-se sobre a existência de tais sentimentos , poderia perde-lo ...e sinceramente não estou preparada para perde-lo .  Mas até que ontem a noite você veio aqui em casa  para me fazer companhia , você trouxe flores  e uma linda caixa de bombom...Me fez sentar no sofá olhando em meus olhos e confessou tudo o que EU queria diz…

Saudades

By:Jully Anne M.Fenner

Hoje acordei com saudades de algumas pessoas que marcaram minha vida , sim...marcaram .  Pessoas que me faziam rir , me viram chorar , sempre conversavam , sempre brincando ...não havia como não se acostumar com pessoas assim. Acordei com aquela sensação de saudades , daquela sensação de quando irei vê-los de novo ? ...
Irei confessar uma coisa ...Odeio quando a vida me faz se apegar a pessoas assim e depois os Leva de mim ...isso é injusto...cruel até .  Odeio me apegar , odeio gostar , odeio amar pessoas que eu me apego tanto e do nada se vão assim de uma hora pra outra...Ninguém imagina o dor que dá por causa da saudades

Angeleyes

By:Jully Anne M.Fenner
Numa bela noite de terça-feira , encontrava-me caminhando ao longo do rio da cidade quando te avistei de longe com uma bela jovem. Seu olhar angelical me fez tremer , pois lembro-me que costumavas olhar em meus olhos desse mesmo jeito, então pensei que eu deveria Ir até a jovem e dizer que esse era apenas um jogo que você gosta de jogar.
Olhe dentro de seus olhos angelicais , um olhar que irá hipnotizar você ,ele vai pegar seu coração e você ainda vai pagar o preço; Se você olhar em seus olhos angelicais ,você irá achar que estará num paraíso e um dia você vai descobrir que tudo era penas um disfarce; Por favor não olhe tão fundo desses olhos angelicais .
  As vezes quando estou sozinha me pego pensando em você e  dói muito lembrar de todos os bons momentos juntos. Quando eu penso que eu jamais poderia viver sem você , eu me pergunto: Tem que ser o mesmo? Toda vez quando eu te vejo ,Traz de volta toda aquela dor Como eu posso esquecer seu nome?