Postagens

Mostrando postagens de Março, 2014

Como Queria

By:Jully Anne M.Fenner
Como eu queria não amar; Como eu queria não existir; Como eu queria não sentir essa dor  do amor; Como eu queria fugir daqui.
Você estragou a minha vida me fazendo chorar,rir , amar e odiar ; Você me fez pensar em muitas coisas que eu estava fazendo ou deixando de fazer; Você me fez sentir algo que eu desconhecia em mim que era eu ser MULHER
Como eu TE ODEIO , mas como EU TE AMO; Como desejo tanto TELO AO MEU LADO , mas te tenho TÃO LONGE; Como você me faz TÃO FELIZ , mas como você me faz TÃO TRISTE...

Rejeição

By:Jully Anne M.Fenner
-Por que você esta me rejeitando?_perguntei assim que consegui avistá-lo de longe -Por que você gosta de mim , mas eu não gosto de você_ Responde-se sem olhar para mim -O que tem haver isso ?!_Perguntei incrédula -Te avisei que não era pra se interessar por mim_ responde-se mexendo no aparelho celular  -Mas  gente não manda no coração –falei deixando as  lágrimas rolarem  -mas eu te avisei _ desse a última palavra , seu rosto estava sério demais mostrando o quão desaprova alguma demonstração de afeto. Simplesmente sai de sua presença deixando as lágrimas varrerem meu rosto , a dor da rejeição era forte demais pra suportar continuar mais um minuto perto e assim foi os dias e meses até meu coração esquecer de você.


Garoto Lindo

By:Jully Anne M.Fenner
Como a pressa se tornou tão presente em minha vida ...ISSO  JÁ TA ME DEIXANDO LOUCA Ok...resolvi parar um pouco das minhas neuroses e respirei fundo , resolvi olhar na janela do trabalho pra destra ir a mente até que avistei você passar Não pude contar a emoção ao velo passar ...Seus longos cabelos loiros voavam ao vento , você trajando mais roupas que o normal , já que estava frio , e roupa de inverno caia bem em você. Suas mãos dentro do casaco e você olhava para frente , seus olhos cor de céu que encanta e hipnotiza , seus lábios finos , lembro de sua vós ...Que doce vós . -De novo olhando pra aquele garoto?_ouvi a vós de Jennifer -Não tem como não deixar de olhar pra ele , olha que garoto mais  lindo _ apenas disse ainda sem deixar de olhá-lo.

Primeiro Amor

By:Jully Anne M.Fenner
Estava eu tentando rabiscar qualquer coisa que saia uma coisa que presta-se...Não que eu não escreva algo bom , mas em relação ao amor...sou uma lástima. sentada na mesa da biblioteca da faculdade pensando no que  eu precisava escrever o que estava trancado dentro de mim , até que alguém chamou minha atenção...VOCÊ Não acreditei no que meus olhos estavam vendo , estavas observando a prateleira de química e não pude de deixar de sorrir. Você não havia mudado em nada...Aaai agora entendo o por que a mãe dizia que a gente sempre vai ceder sempre para o primeiro amor. Você foi o primeiro rapaz que me apaixonei , coisa de adolescente , mas foi algo muito forte ...Anos se passaram e agora olhando pra você é como se eu volta-se a ser aquela adolescente e sentir meu coração acelerar , a respiração falhar e as  mãos começar a soar . Eu precisava agir normal caso você me veja ou... -Olááá quanto tempo ! -O...oi _ respondi um pouco nervosa- sim ver...verdade muito tempo ,…

Café da tarde

By:Jully Anne M,Fenner
Hoje devo ter sonhado com você , pois acordei com um belo sorriso nos lábios. Abri os olhos , me levantei , tomei meu banho , me arrumei para poder ir trabalhar. Tomei um pequeno gole de café pra colocar energia no corpo para um longo dia no trabalho , encontrei na metade do caminho um colega de trabalho e lá fomos nós conversando animadamente. Chegamos no escritório e cada um foi pra sua mesa e lá se foi nosso horário da manhã , entre papelada e mais papelada , revisão de documentos .Resolvi dar um tempo para a mente tomar um bom café com um pedaço de bolo numa cafeteria que tinha ali perto enquanto eu comia observava as pessoas ao meu redor. Notei que algo todos tinham em comum...A Pressa , todos corriam de um lado para o outro , sacolas e mais sacolas , bolsas ,  falando em seu celulares . -Sua atenção pelas pessoas me surpreende sabia _ ouvi sua vós se sentando na cadeira da frente  Olhei pra você meia constrangida e respondi voltando a atenção a janela  -A…