Madrugada

                                                                   By:Jully Anne M.Fenner



Abri a janela do quarto e me deparo com uma das belas imagens que pude presenciar em toda a minha vida.O céu estrelado dando o ar de sua graça e de quebra a lua cheia e brilhante.

-Que lindo !_exclamei  olhado a imagem , a lua tão brilhante que iluminava a escuridão.

-Não tão lindo quanto seus olhos_ouvi sua vós atras de mim e senti você me envolver num abraço por traz e olhando também a lua-Seus olhos são tão belos  quanto esta lua, seu sorriso é tão branco quanto o brilho que esta lua .

 Fiquei muda , mas pude me sentir tão feliz em ouvir tais palavras como esta.

-seus cabelos são cheiram rosas , sua vós são como uma doce canção que nos faz hipnotizados , sua risada é contagiante e o mais importante seu caráter é que te faz a pessoa mais bela que tudo isto que estamos vendo.

-Obrigada querido , não sei o que dizer-consegui dizer algo que não ajudou muito

-Facil_fala-se me virando para sua frente , tirando uma caixa aveludada preta , ajoelhando-se na minha frente_Aceita se casar comigo ?

"ESPERA !! PARA TUDO !!!

Fui pedida em casamento ?! é isso ?! meu DEUS sim sim sim "

-Sim...Sim...SIM _respondi abraçando-o e dando um beijo apaixonado

Foi assim que aconteceu quando eu pude presenciar o espetáculo da madrugada .

Comentários

  1. Lindo teux textos, todos muitos expressivos, parabens! Bjos...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Desabafo de uma solteira

Noite Tempestuosa

O Retrato